Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pretos x Brancos

Grupo de amigos que passaram ao lado de uma grande carreira, (era o 24 "Quinta da Nora"). Jogamos às quartas, não interessa onde-estamos fartos do assédio dos grandes clubes mundiais!

Pretos x Brancos

Grupo de amigos que passaram ao lado de uma grande carreira, (era o 24 "Quinta da Nora"). Jogamos às quartas, não interessa onde-estamos fartos do assédio dos grandes clubes mundiais!

29
Mar12

NOW 28

 

 

Assim, sim! Assim dá gosto! Ambas as equipas com bons guarda-redes, com vontade de vencer e jogar futebol, embora aqui e ali haja uns pequenos excessos de alguns  e de parte a parte.

Foi um jogo bem disputado, com boas jogadas, bons golos, boa atitude defensiva e com entrega. Venham mais destes.

 

 

Twenty-eight
Pretos (9)Brancos (8)2011/2012
Carabina GrTiago Oliveira Gr        
Armando       

Capitão       

 
SimãoRendufas 
Fábio Luis Costa 
Luis TeixeiraPP 
Rui GóisFernando 
    15V                             11V2E

 

 

Ps: Parabéns ao PP, que fez o favor de aumentar a média de idades dos Brancos, o que fazia realmente muita falta.

Algumas imagens dessa confraternização, desengane-se quem porventura pensar que se trata de alguma cerimonia Maçon ou de uma qualquer confraria da cerveja. Estamos de avental porque somos muito asseados e não queremos nódoas na roupa (estamos fartos de ouvir as nossas mulheres a reclamar).

 

 

 *************************************************************

 

**************************************************************

**************************************************************

 


 


Off Topic

 

Formação Profissional:

 

Como (NÃO) Fazer!

 

+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

22
Mar12

O cerco começa a apertar

Havia já quem festejasse a vitória por 3-0 pela falta de comparência da equipa adversária, esquecendo-se que havendo quatro jogadores a partida pode-se realizar. "Bolas"- pensaram..."poderíamos evitar esta chatice e passar já para a terceira parte no Chorão". Contrariados, ainda emprestaram uma das suas mais jovens (adiadas) promessas. Promessa adiada pois a história é sempre a mesma: "Prometo que para a próxima passo a bola!"

O jogo começou com um ritmo elevado. Há ali rapazes que realmente são muito irrequietos! Brancos a controlar o jogo e rapidamente chegaram ao golo, e depois outro, e mais outro... aos 4-1 a coisa acalmou. Os Pretos fruto de alguma desorganização dos Brancos, quiçá pelo esforço suplementar de ter de andar a marcar aqueles rapazes irrequietos, também pode ter sido por, ao ter emprestado o seu mais jovem jogador, a média de idades da equipa dos Brancos subiu para uns respeitáveis 42 anos... daí, como dizia os Pretos aproveitaram essa fase para reduzir a diferença, (creio que para 2 golos), e começaram, entusiasmados que estavam, a pressionar alto. Ora, como referi recentemente, pressionar alto tem o reverso da medalha, pois se o adversário consegue iludir essa pressão é meio caminho para sofrer golos e foi um pouco isso que aconteceu, das variadas ocasiões em que isso sucedeu os Brancos aproveitaram para fazer alguns golos e para desperdiçar outros tantos. Os Pretos lá iam fazendo o jogo deles que consistia inúmeras vezes na jogada totalmente ou parcialmente individual. Parcialmente individuais são aquelas jogadas que eram para ser totalmente individuais, mas que, por via das circunstâncias deram num beco sem saída.

Não faltaram as habituais faltas, faltinhas e não faltas (de parte a parte), penso que até já faz parte da tradição.

Ideias a reter: Simão, depois de passar 342 minutos (desde o inicio) na baliza, ainda foi a tempo de deixar a sua marca no desafio. O Armando, já se sabe, não é o Armando de outras épocas, mas continua a ser dos que sabe que o caminho para um bom jogo passa pelo colectivo (independentemente do resultado). O Capitão demonstrou mais uma vez que não é um oficial na reserva e ontem reservou mais um hat-trick para os fãs. O Gigio voltou, ainda que esporádicamente, à alta roda do futebol. Terei sido só eu, ou houve mais alguém que reparou que o Gigio está mais magro. Ah! Aqueles 5 minutos ao Domingo a andar de bicicleta fazem milagres!

 

 

 

Twenty-seven
Pretos (7) Brancos (10) 2011/2012
Simão Gigio Gr  
Armando Capitão  
Luis Teixeira Luis Costa  
Fábio Fernando  
Rui Góis Rendufas  
  PP  
14V 11V 2E
15
Mar12

Crença

 

 

 

 

 

 

 

 

 Diz o ditado popular, "casa onde não há pão, todos ralham e ninguém tem razão". Neste caso o pão é a paciência. Uma equipa que ainda lidera o campeonato não pode ser tão impaciente, tanto no jogo em si, como e especialmente com aqueles que podem realmente inverter a situação - os companheiros de equipa. Para mais quando aquilo que se critica é exactamente aquilo que fizemos à quatro minutos atrás, ou que provavelmente faremos daqui a dois. Claro que quando as coisas não estão a correr bem é fácil haver críticas de parte a parte, mas têm de ser críticas construtivas para que o global possa ser melhorado. Faz algum sentido estar a criticar/ralhar numa jogada em que seguramos a bola, quando na anterior passámo-la de primeira e nos gritaram "segura a bola". Bem sei que há momentos para tudo, mas assim é difícil. Difícil é também a maneira como se (não) defende... se é para fazer uma pressão mais alta, todos tem de o fazer. Pode-se ser eficaz, mas os riscos de ficar em desvantagem numérica, principalmente quando se joga contra um equipa que não tem grandes dificuldades em guardar a bola e a fazer circular, são mais que muitos, dando azo a jogadas de golo eminente com frequência. Andar um lá à frente a correr atrás da bola sozinho é inútil. Anda-se a cansar, a colocar os colegas em dúvida e abrir espaços que os adversários agradecem. É muito mais fácil esperar, mais cá atrás, concentrar, diminuindo o espaço entre colegas, para tirar o referido espaço ao adversário.

Não assisti ao derby da última quarta-feira, mas há algo de estranho numa equipa que numa semana discute o jogo e até o vence, embora pela margem mínima e na outra semana perde por 6-2. A questão aqui não são os quatro golos de diferença, perfeitamente normal, a questão é que os Pretos nunca chegaram a ameaçar a equipa dos Brancos e os 6 golos marcados poderiam ser o dobro tantas foram as oportunidades q a favor dos Brancos. A falta de ideias, displicência e más decisões eram tantas que o Carabina ficou farto e foi tomar banho mais cedo.

As habituais discussões sobre faltas, lançamentos e afins não podiam faltar (em número reduzido, diga-se), mas não me parece que tenha havido "agressividade" a mais como noutras ocasiões.

 

Para a semana lá estaremos (alguns) para continuar com este derby que um dia terá com certeza a Inês Gonçalves a apresentar o resumo.

 

 

Twenty-six
   Pretos (2)   Brancos (6)   2011/2012
Carabina GrCapitão 
SimãoLuis Costa 
ArmandoRendufas 
Marco 'v.Basten'PP 
FábioRui Góis 
Luis TeixeiraFernando 
14V10V2E

 

 

PS: Tudo aponta para que o tradicional jantar de época seja no primeiro fim-de-semana de Julho, portanto de 7 e 8. Vamos lá a programar as agendas para que depois não aconteça como em anos anteriores. (vocês sabem do que eu estou a falar...ou melhor de quem eu estou a falar.)

11
Mar12

Resultado

Twenty-five
Pretos (11) Brancos (10) 2011/2012
Carabina Gr Capitão  
Simão Luis Costa  
Armando Rendufas  
Marco 'V. Basten' PP  
Fábio Rui Góis  
     
14V 9V 2E

 

 

 

 

Serve o presente post para informar o resultado da passada quarta-feira (7 de Março).

Parece que o resultado final foi uma vitória para os Pretos por 11-10.

 

Vou ficar a aguardar pela prometida crónica.

01
Mar12

Orfandade

Não restam dúvidas que esta janela de transferências de inverno veio alterar o estado em que as quartas-feiras se desenrolam. É um facto que o PP é uma mais-valia para a equipa dos Brancos, não há como negar, de tão evidente que se torna. O problema maior é a falta que ele faz aos Pretos que se encontram numa situação de orfandade. Falta-lhes agora alguém que esquematize o jogo, que defina os timings e também alguém que ralhe... com qualidade! Naquele interregno sabático que o PP fez, os Pretos lá iam arrancando vitórias, mas quase sempre pela margem mínima, muitas vezes consubstanciada pelo factor Carabina, seria uma questão de tempo até ao equilíbrio ser uma realidade e isso ficar demonstrado nos resultados. A entrada do PP para os Brancos só veio apressar o que era notório. 7 vitórias, 2 derrotas e 1 empate é o pecúlio desde essa data para os Brancos (o inverso para os Pretos).

 Veremos se os Pretos conseguirão aguentar os próximos tempos que não se afiguram fáceis, mesmo tendo em conta a saída efectiva do Rodrigo e temporária do Fernando.

Nesta quarta-feira voltámos a assistir a um jogo interessante, com poucas paragens – excepto o tempo suficiente para o Fábio se recompor de uma falta do Costa  e para o Góis se recompor da(s) falta(s) do Teixeira. Os primeiros a marcar foram os Pretos num contra ataque rápido, mas logo na resposta os Brancos empataram. O 1-1 manteve-se por largos minutos, mas os Pretos aproveitaram muito bem a rotação dos Brancos pelo banco para marcarem dois golos de rajada. Seguiu-se uma reacção dos Brancos em que dominaram praticamente o jogo. As jogadas, bem delineadas, muitas vezes ao primeiro toque, de perigo sucediam-se e foi com alguma naturalidade que os Brancos passaram para a frente do marcador. Estava já a ser demasiado para os Pretos, chegando mesmo o Simão a virar-se para os colegas e perguntar se já tinham desistido (de lutar). Poderia mesmo surtir efeito este grito de indignação pois, e aproveitando mais uma vez a descompensação dos Brancos devido à rotação (pelo banco e pela baliza), os Pretos poderiam reduzir a diferença, com uma série de oportunidades que infelizmente para eles não entraram. Ora por mérito do guarda-redes da altura, ora por inépcia dos Pretos, ora por manifesto azar, com duas ou três bolas nos postes em poucos minutos. O resultado falado foi 4-7, mas eu lembro-me perfeitamente de cinco golos dos Pretos e de oito dos Brancos, já que Rui Góis, PP, Luís Costa e Fernando marcaram dois cada um. Por falar em golos tenho que destacar aquele que será um dos golos (senão o golo) da época actual. Canto da esquerda e o Costa de primeira, com a bola no ar a marcar um grande golo. Para mais porque foi marcado pelo pé que serve para subir para o autocarro - o esquerdo. Desta vez o Carabina não teve uma acção tão preponderante pois normalmente havia situações de superioridade numérica já que havia elementos dos Pretos que correr para frente ainda vá que não vá, mas recuar (sem ser a passo), já se torna mais difícil. Depois ainda há quem chame a atenção do Armando...quero ver quando chegarem à idade dele, provavelmente estarão em casa à lareira a ver os Jardins Proibidos ou lá o que é que anda a dar. O Armando também já tinha idade para ter juízo e para ocupar um lugar em que se proteja mais - cá atrás, dando uso a toda a sua experiência e deixando os jovens correr (mais um bocadito).

 

 

 

 

Twenty-four
Pretos (5) Brancos (8) 2011/2012
Carabina Gr Capitão  
Armando Luis Costa  
Simão Fernando  
Luis Teixeira PP  
Fábio Rui Góis  
Marco 'V.Basten' David  
  Jota  
13V 9V 2E


Mais sobre mim

foto do autor

origem

Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Pesquisar

Contacto

pretosxbrancos@gmail.com