Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pretos x Brancos

Grupo de amigos que passaram ao lado de uma grande carreira, (era o 24 "Quinta da Nora"). Jogamos às quartas, não interessa onde-estamos fartos do assédio dos grandes clubes mundiais!

Pretos x Brancos

Grupo de amigos que passaram ao lado de uma grande carreira, (era o 24 "Quinta da Nora"). Jogamos às quartas, não interessa onde-estamos fartos do assédio dos grandes clubes mundiais!

26
Mai16

39#

O Jorge Mendes, o suposto melhor agente de jogadores, têm aqui uma forte concorrência. É que refazer quase por completo a equipa dos Brancos e ainda reforçar a equipa dos Pretos não é para qualquer agente de vão de escada. Mais uma das muitíssimas qualidades deste sujeito que nunca é demais elogiar.

Quem merece ser elogiado é o Tiago, que apesar de ter sofrido 10 golos evitou no mínimo outros 10.

O jogo começa de vento em popa, que é quando o vento está a soprar por trás da embarcação, para os Pretos. Melhor coordenados, mais objectivos e a aproveitarem as inúmeras ocasiões em que chegam à baliza em superioridade numérica...e para facilitar não encontram lá o Samuel "Cech". Marcaram o primeiro, o segundo, o terceiro, o quarto e o quinto. Os Brancos continuavam a ser campeões da natação, ou seja, nada. Nem um golo para a amostra, isto apesar de já ter tido algumas oportunidades para marcar. Aos poucos os Brancos foram melhorando o seu jogo, alguns elementos que não estão habituados a este nível de Champions League começaram a adaptar-se e a defender melhor e outros deixaram de fazer tantas rotundas e a encarar o jogo de uma maneira mais colectiva. Enquanto isso, por parte dos Pretos, também como consequência da melhoria do jogo dos Brancos ou pelo excesso de confiança dada pela vantagem considerável, as coisas começavam a ficar mais emperradas. Demasiadas perdas de bola, muitas rotundas (sim, há placas giratórias nas duas equipas), tentativas de cuecas...etc. A partir do 6-3, os Brancos começaram a utilizar a táctica do 5x4 e aos poucos foram-se aproximando no marcador. Houve alturas que o controlo era total e em que os Pretos quando conseguiam um corte ou mesmo a posse de bola só tentavam aliviar ou retirar a bola dali. Foi nessa altura que o brilho do Tiago atingiu o seu ponto mais alto...o Tiago e os seus fiéis postes. O empate chegou. 10-10. Por mais estranho que pareça os Pretos reergueram-se de novo e voltaram à carga tendo inclusive utilizado a mesma táctica...foi um período de algum sufoco para os Brancos. Como não havia jogo na hora seguinte este jogo já levava bastante tempo e o desgaste era evidente e havia quem suspirasse pelo apito final. Este chegou e o empate a 10 manteve-se.

Desta vez o silêncio no balneário não foi total. Sinal da satisfação dos Brancos de, apesar não terem vencido, tiram feito uma enorme recuperação. Também por parte dos Pretos algumas acusações de individualismo. Ficou mais ou menos assente que para a semana há que avisar o Luís Nunes que o jogo começa às 22 e que haverá duas novas contratações: o famoso Jorge Costa irá regressar à defesa dos Pretos e o Nuno Urbano será o novo Jardel (o da Karen). 

 

#39.jpg

 

19
Mai16

38#

Noite difícil. Duas desistências de última hora deu origem a mais uma complexa requisição desportiva...das maiores que este país já viu. Finalmente, depois de se ter percorrido a lista de A a Z, foi possível uma contratação de última hora. E, para os Brancos, em boa hora pois contribuiu em grande medida para mais uma vitória dos Brancos.

 

Apesar dos Pretos terem marcado primeiro, apesar de os Brancos terem já nessa altura desperdiçado uma clara oportunidade de golo pelo Fernando - que depois de ter falhado foi presenteado com a indicação, por parte do jogador assistente (F. Constâncio), que já lá cantava uma assistência...em jeito de "dizes que me agarro à bola, mas já te dei uma para marcares". Dizia então que os Pretos marcaram primeiro, numa jogada de envolvimento, com a bola a passar por entre as pernas do Samuel. Logo a seguir veio o empate pelo mesmo protagonista de à pouco mas que desta vez não falhou. Erros atrás de erros na parte inicial (mais uma vez o protagonista a querer ter...protagonismo e a fazer um corte incompleto e a dar mais um golo para o Armando). Chegados aos 3-1 os Pretos começaram a sentir grandes dificuldades com as movimentações dos Brancos, com o Peixe, o Constâncio e o Atleta em alta rotação. Foi a reviravolta no marcador. O vencedor estava encontrado a partir desse momento, faltava saber só o resultado final. 

 

Já na parte final, no entanto houve uma reacção por parte dos Pretos, que vá lá saber-se como ainda tiveram forças para reagir aos dois frangos que o Armando concedeu enquanto foi para a baliza descansar, enquanto o dono habitual da baliza ia fazendo o gosto ao pé a marcar um excelente golo pleno de oportunidade. Para esta reacção dos Pretos contribuiu, presume-se, esse descanso na baliza por parte do Armando e do Simão e também o cansaço dos meio fundistas dos Brancos, especialmente do Atleta e do Constâncio. Este deve o cansaço provavelmente às dezenas de rotundas efectuadas, ora pela direita ora em contra-mão.

 

Foi várias vezes referido no balneário a falta de ruído...o silêncio desta noite no campo e no próprio balneário. Referência feita dada a ausência do Rendufas. Na verdade não fosse essa ausência e de certeza que haveria acesa discussão. Estou a lembrar-me por exemplo de um lance ocorrido na área dos Pretos em que há alegadamente um corte com a mão a um remate que se dirigia para a baliza. Não houve nada, a não ser uns sorrisos. A isso também não é alheio o facto dos Brancos terem praticamente o jogo na mão. Ainda bem que tinham, pois nos últimos minutos o Samuel conseguiu dar uma imagem mais simpática ao resultado ao facilitar nos dois últimos golos da partida. Com  esta referência não se pretende diminuir uma actuação positiva e que em alguns casos actuou como um verdadeiro libero.

 

 

#38.jpg

 

12
Mai16

37#

Polémico.

Este foi um dos jogos mais polémicos dos últimos tempos. Muita gente a reclamar por tudo e por nada, com e sem razão, que por vezes perdia-se a noção que estamos ali para jogar à bola. Não sei se é do tempo, se é dos "Prolongamentos" ou dos "Dias Seguintes". Sei que não é normal passar tanto tempo a reclamar por causa de uma falta ou por uma bola ter saído ou não. Um daqueles que é acusado de instigar essas situações, defende-se dizendo que ontem só por três vezes fez uso dessas "reclamações". Ora essas três juntando a outras três de cada dos outros habitués (Simão e Nuno), não esquecendo o "às vezes" Armando, está bem de ver pode gerar um jogo bastante atribulado. A maior delas terá sido, já na parte final, quanto ao resultado. Eu confesso que me segui pelo insuspeito Tiago para chegar à conclusão de que o resultado final é aquele que aparece no placard. 

Nas próximas cinco (5) semanas os habitués vão ficar muito sozinhos pois o adversário mais directo vais estar ausente. Vai ser curioso e interessante verificar como vão correr as coisas. 

 

Quanto ao jogo, propriamente dito, foi muito equilibrado, embora quase sempre com um ligeiro ascendente no marcador por parte dos Pretos. No jogo jogado no entanto isso não era tão evidente, até porque durante grande parte do jogo os Brancos tiveram mais oportunidades para marcar ou para criar oportunidades para isso. No entanto alguma inépcia e, porque não dizê-lo, algum individualismo levaram a isso...como é possível num 3 para 1 não se concluir a jogada na maneira mais obvia? Por outro lado, devido ao facto de jogarem só com 5 (sem suplentes, portanto), com um jogador muuuuiiito mais velho, os Pretos acabaram por surpreender como se mantiveram dentro do jogo (à frente do marcador) quase até final do jogo. Mérito enorme para o Nuno que fez mais um grande jogo, de enorme entrega e que percorre o campo inteiro e sempre em alta rotação.

 

A Liga PretosXBrancos segue muito equilibrada com 17 vitórias para cada equipa.

 

 

#37.jpg

 

 

05
Mai16

36#

Vivemos num tempo em que apesar de, ou devido a isso, existir muita partilha e acesso à informação, esta é por vezes adulterada ou manipulada. Já foram várias as fontes de informação a tecer rasgados elogios a alguns campeonatos, entre os quais o português, devido à sua competitividade e incerteza quanto ao vencedor no final. Ora a Liga PretosXBrancos sente-se injustiçada. Temos vindo a assistir a um campeonato taco a taco entre os Pretos e os Brancos em que neste momento se encontram separados por apenas um ponto...com 36 jornadas disputadas. Ora se isto não é competitividade e emoção não sei o que será. "Haters" vão afirmar que os vencedores ano após ano são sempre os mesmos. Enfim, já se espera de tudo destes que, na falta de melhor, tentam denegrir um produto de excelência, como as assistências no pavilhão confirmam - não houve, até hoje, nem um único pedido de reembolso do preço do bilhete! Isto quer dizer alguma coisa, certo?

 

Jogo desta quarta-feira: Começou equilibrado. Tanto equilíbrio que até os dois guarda-redes terão sido mal batidos no primeiro golo - segundo a assistência. Depois disso os Brancos começaram a ganhar ascendente, quer porque as suas acções defensivas superavam quase sempre os ataques dos Pretos, quer porque estavam com um bom índice de aproveitamento dos lances ofensivos mais perigosos. Isto enquanto os Pretos, fruto da boa organização defensiva dos Brancos, ou simplesmente porque tomavam as opções erradas lá iam perdendo alguns lances de ataque. 

A distancia ia-se alargando cada vez mais até que chegou a um 7-3 ou 7-4, que culminou no 7-5. Deduz-se que terá sido o cansaço evidente de alguns dos protagonistas dos Brancos que terão permitido esse aproximar no marcador. Em jeito de brincadeira (será?) o Rendufas referiu que se o Fernando deu o berro aos 5 minutos, o Bago terá sido aos 4 minutos e meio.

 

Quem apareceu nesta quarta foi o Vidoso. Apareceu numa bola que terá (alegadamente) saído e que daria um contra-ataque perigoso dos Pretos e apareceu também num penalti do Samuel sobre o Armando. Do Vidoso espera-se tudo.

 

Não podia encerrar esta crónica sem referir, (porque me foi pedido - é mais ou menos como a publicidade paga), uma jogada que acabaria por dar o 3º golo dos Brancos: bola no Peixe que subtilmente a passa para o Fernando, que de costas dá de calcanhar para o mesmo, que perante a saída do desprotegido Tiago, coloca a bola, com força e colocação, no fundo das redes. Um golo muito bom que só não teve maiores repercussões a nível internacional pelo que referi no inicio do texto e porque os Pretos também não quiseram ficar atrás e na jogada seguinte fazem um golo bastante semelhante: bola passada de calcanhar (penso que pelo Luís) e o Ricardo Lemos com um forte remate a desfeitear, (Gabriel Alves, o meu ídolo), o Samuel sem apelo nem agravo (...e continua).

 

#36.jpg

 

Mais sobre mim

foto do autor

origem

Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Pesquisar

Contacto

pretosxbrancos@gmail.com